Feliz Emprego Novo (1)

Parabéns! Você ganhou mais um dia! Com ele chegam também esperanças, expectativas e sonhos, tanto na vida pessoal quanto na profissional. Sonhos de um emprego melhor, um aumento salarial, o reconhecimento do trabalho desenvolvido, enfim, expectativas de ver o deslanchar de uma carreira de sucesso.
Doses de sonhos, perspectivas e expectativas diárias são muito positivas, se vierem acompanhadas de atitudes que as transformem em algo real, se não, servirão apenas para preenchermos a listinha de “frustrações do ano” que sempre fazemos no dia trinta e um de dezembro.
Para que essas expectativas se tornem projetos e estes se materializem, você precisa sair de sua zona de conforto e buscar seus objetivos ou popularmente falando, “correr atrás”, porque as oportunidades para o desenvolvimento da sua carreira não cairão do céu, exceto para os profissionais da área metereológica.
Contam que na África, todas as manhãs uma gazela acordava sabendo que deveria conseguir correr mais do que o leão se quisesse se manter viva. Todas as manhãs o leão acordava sabendo que deveria correr mais do que a gazela se não quisesse morrer de fome. Ou seja, não faz diferença se você é gazela ou leão, quando o sol nascer você deve começar a correr!
Contextualizando essa história ao mercado de trabalho, não importa se você precisa manter seu emprego ou conquistar um, em ambas as situações você precisa correr, agir, ter atitude.
Os profissionais que estão empregados precisam correr para manterem sua empregabilidade, pois a competitividade do mercado tem engolido aqueles que se absteem da procura pelo desenvolvimento profissional.   Mas, além do desenvolvimento voltado para as competências técnicas, o profissional que não só têm mantido seu emprego, mas que, além disso, têm se destacado, é aquele que é apaixonado e se sente feliz no que faz, que erradia alegria a todos que estão ao seu redor e gera um desejo pessoal de constante aperfeiçoamento.
Esse profissional apaixonado, feliz, se sobressai naturalmente, pois torna-se uma pessoa mais pró-ativa, otimista, que valoriza liderados, pares e superiores. Tudo isso o leva a um engajamento maior e crescente com os objetivos e metas da organização, que culminará em reconhecimento e desenvolvimento de carreira, frutos dessa postura apaixonada.
Não são incomuns as histórias que ouvimos do office-boy que se tornou o presidente da empresa ou da digitadora que ocupa hoje a posição de diretora de recursos humanos. Essas pessoas construíram carreiras tão brilhantes, pois, além de desenvolverem seu capital intelectual, desde o início, quando estavam na base da hierarquia, trabalharam com paixão, valorizando suas atividades, por mais simples que poderiam parecer.
Se você acredita que sua função é muito simples, ou que sua contribuição não faria muita diferença para o alcance dos objetivos da empresa, mude de pensamento. Você é importante sim! Digo isso por um motivo simples, lógico e capitalista: sua empresa não pagaria salários e benefícios a alguém que faça algo sem importância. Por isso, se valorize e ponha paixão no que faz, por mais simples que possa parecer.
(continua…)
Pablo Nascimento Beloni – @redator do INPG BLOG

1 Response to “Feliz Emprego Novo (1)”


  1. 1 Patricia Assumpção junho 11, 2010 às 10:00 pm

    Olá, adorei esta mensagem e concordo plenamente.

    Acabo de trocar de empresa, mas na empresa onde trabalhava, a maior nota da avaliação trimestral era SEMPRE a minha, e eu não era a mais motivada por trabalhar numa das empresas do ranking da Você S.A., ou por trabalhar com gestores brilhantes, ou ainda porque adorava o que fazia, bem, definitivamente não, mas sim porque eu simplesmente mudava a minha perspectiva.

    Eu procurava não focar nos defeitos que a empresa tem, afinal todas têm defeitos e problemas; eu focava naquilo que eu mais gostava lá: as pessoas com quem eu trabalhava. Eu não gostava das tarefas que executava, eram muito simples; meus gestores são chineses e eles não confiam nos brasileiros, logo também não gostava deles; mas sim, eu amava e ainda amo meus colegas de trabalho, um grupo de cerca de 30 pessoas que compunham cinco atividades diferentes do depto financeiro.

    Graças a minha grande amizade com estas pessoas, eu me sentia motivada a acordar todos os dias de madrugada e fazer um trabalho acima da média. Eu sempre tinha vontade de fazer além da minha função. Além de fazer aquilo que compunha minha rotina, eu ficava pensando em formas de melhorar o meu trabalho e de meus amigos, então gerei diversos controles diferentes para evitar erros, fiz treinamentos informais sobre as regras da empresa aos funcionários de outras áreas que desconheciam tais regras, dentre outras coisas. Tudo sem meu gestor solicitar (pró-atividade pura). Após feito estas coisas, claro que eu mostrava a meus gestores o que eu fizera, e isso sempre me garantia a melhor nota de avaliação.

    Em suma, vc deve sim correr atrás, fazer com que seu trabalho seja acima daquilo que seus gestores esperam e depois faça seu marketing pessoal a fim de garantir aquele aumento de salário ou promoção. Mostre que vc pode ver além daquilo que está à sua frente!

    Não basta apenas fazer mais e melhor, é preciso divulgar, caso contrário seus gestores podem nunca descobrir o seu grande feito.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: