Educação, Saúde, Desenvolvimento: para que?

Não foi com surpresa que vimos, novamente, o governo (sic) tomar, entre outras medidas, a decisão de reduzir investimentos na área de Educação, por necessidades de rever o orçamento anual e ajustar suas contas.

Analisemos no quadro abaixo, as decisões tomadas em valores de milhares de Reais para alguns setores que chamaram a atenção pelas mudanças nos investimentos.

Fonte: O Estado de S.Paulo,  01/6/10 –  Economia B3

Não creio que após analisarmos as reduções de setores essenciais como Educação, Ciência e Tecnologia, Saúde, Cultura, Social, Comércio Exterior (de que tanto dependemos para o crescimento e que o governo tanto se vangloria das reservas cambiais existentes graças ao setor privado) o leitor se sinta surpreso com reduções que tornam nosso povo com menos, e não menos,  educação, cultura, saúde, desenvolvimento social e exportações, o que aliás nossas empresas estão substituindo matérias-primas, componentes e produtos por importados, ocasionando a desindustrialização do país.

Parafraseando Nero o Imperador, que enquanto Roma se incendiava cantava com sua lira: “-quando o povo não tem pão, dá-lhe circo”.

A Copa do Mundo chegou!

Nelson Ludovico @redator do INPG BLOG

0 Responses to “Educação, Saúde, Desenvolvimento: para que?”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: