PREPARE-SE: vem aí as compras coletivas.

Uma nova metodologia de vendas, que somente no ano passado movimentou US$ 250 milhões nos Estados Unidos está desembarcando no Brasil.
Com descontos até mais que 50%, o modelo de Compras Coletivas consiste em concentrar um numero mínimo de produtos ou serviços a serem vendidos num determinado portal na web para que todos os compradores consigam um desconto significativo.
As empresas têm usado o método por diversas razões. Pode ser uma boa chance para aumentar vendas em períodos de baixas sazonais; pode gerar experimentação de um novo produto ou serviço; gera demanda complementar de outros produtos que não estão com desconto ou somente para melhorar a visibilidade para a empresa.
Ao entrar no site você se cadastra e faz o pedido, mas somente é debitado no final da promoção quando, e se, alcançarem o volume mínimo de pedidos definido previamente. Assim o comprador ajuda inclusive a divulgar a oferta no seu circulo de contatos, para que tenha direito ao desconto.
Na maioria das vezes, imprime-se um cupom para uso offline, na loja ou academia, como massagens, limpeza de pele e ingressos de cinema e teatro; ou vale-compras em lojas convencionais de roupas e cosméticos. Assim o cliente continua indo à loja e pode complementar a compra com outros produtos, gerando um consumo complementar.
Os atrativos seguem um padrão. Oferecem um grande desconto, por um prazo curto e uma quantidade de produtos limitada.
Hoje já funcionam no Brasil pelo menos 10 sites com este objetivo, lançados quase que simultaneamente, num período de 4 meses. Lá fora, apesar dos mais de 200 sites existentes, o principal portal americano detém 25% do movimento total.
Ainda estão restritos a poucas cidades, mas a tendência é crescer e muito. A http://www.clubeurbano.com.br pretnde estar em mais de 30 cidades e já investiu cerca de US$ 15 milhões no projeto brasileiro.
Outro site é o http://www.clickon.com.br , também de capital internacional, chegou em São Paulo, Belo Horizonte, Fortaleza e Curitiba e continua a abriri outras cidades. O grupo estreou em maio, com investimento de R$ 17 milhões.
Outro em atividade é o http://www.peixeurbano.com.br, com atividade ainda restrita a poucas cidades, mas também com sede de crescimento.
O interessante é que agora estão surgindo portais que agregam vários sites de compras coletivas. Já está funcionando em estágio beta, o http://www.zipme.com.br, com este fim.
E aí, conseguiu ler até o final ou já clicando enquanto ia lendo? Boas compras.

Alessandro Saade – @redator do INPG BLOG

Este post foi publicad0 no MARKETING & NEGÓCIOS em 09/07/2010

1 Response to “PREPARE-SE: vem aí as compras coletivas.”


  1. 1 v novembro 4, 2010 às 11:33 am

    O mais novo site de compras coletivas é o AntenadoZ
    (http://www.antenadoz.com.br) desenvolvido pela agência carioca Industria
    Virtual (http://www.industriavirtual.com.br). A grande vantagem dos sites
    desenvolvidos pela Industria Virtual é a utilização do Sistema de
    Administração WebCenter 2.0 (http://webcenter.industriavirtual.com.br), que
    também pode ser utilizado para gerenciar qualquer tipo de site.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: